•   comercial@madeserra.com.br
  •   (85) 3260-1893 / 3260.2409

Aqui você encontrará cuidados básicos a serem seguidos para um bom desempenho do material adquirido.

IMPERMEABILIZAÇÃO

Toda porta ou janela externa, que ficar exposta ao sol e a chuva, deverá receber uma demão de verniz antes de ser instalada, para que a mesma fique impermeabilizada, ficando assim, protegida das intempéries.
As portas e marcos  internos também devem receber uma demão de impermeabilização fundo de acabamento, assim as peças ficarão protegidas contra cal, cimento, fuligem, etc.
As portas e janelas devem receber uma demão de impermeabilização em todas as partes, superior e inferior, mesmos nos lugares que não estejam aparentes.
Impermeabilizar também ao lado da batente que ficar em contato com a alvenaria.
Nunca use selador na porta externa ou na janela. Use verniz. Selador somente internamente.

ASSENTAMENTO

Antes de fixar esquadrias (marcos e/ou janelas) verifique esquadro, o nível e o prumo, não se esqueça de usar pregos de tacos com chumbadores nos quatro lados para dar maior aderência a alvenaria, e esta não sofrer pressão sobre o mesmo.

COLOCAÇÃO

A colocação deve ser feita por um profissional habilitado. Portas maciças: Nunca retirar mais do que 0,5 cm nos montantes para que não afete a sua estrutura.
Portas aplicadas e pranchetas: podem ser usadas como externas, desde que haja uma área de cobertura que as proteja do sol e da chuva.

CUIDADOS COM O TEOR DE UMIDADE

Embora esse material seja seco em estufa, pode haver pequenas variações, pois para atingir sua umidade de equilíbrio a madeira é formada de células hidroscópicas que captam ou cedem umidade de acordo com o nível do ar, aumentando ou diminuindo suas dimensões. Essa é uma característica que deve sempre ser considerada, utilizando-se as peças de madeira com teor de umidade equilibrada com local da aplicação e reduzindo as futuras variações dimensionais das mesmas quando em uso. Não garantimos defeitos por grandes variações de umidade relativa do ar.

CUIDADOS COM O ARMAZENAMENTO

O assoalho deve ser colocado em local seco e abrigado do sol. A madeira, de preferência, deve ser colocada no próprio local onde será aplicada para que tenha um perfeito processo de aclimatação e estabilização.
Em caso de empilhamento, fazer pilhas regulares para evitar deformações.

CUIDADOS COM A INSTALAÇÃO

Os barrotes dever ser colocados com espaçamento de 35,0cm entre si, perfeitamente alinhados e nivelados. A argamassa para fixação dos barrotes deve ser de cimento e areia e preenchido todos os espaços entre eles. Deve-se também colocar um barrote paralelo a cada parede para fixar pontas do assoalho que deve ser fixo com pregos retorcidos sem cabeça 16×18 ou 17×21.
É obrigatório o uso de lona preta (térreo ou nível superior) para total isolamento contra infiltrações e umidades no local onde será assentado o assoalho.
A colocação do assoalho deverá ser feita pelo menos 15 dias após a conclusão do contra piso.
O local da aplicação deve estar com esquadrias, vidros, soleiras, mármores ou cerâmicas colocados para evitar que a umidade danifique o piso. Depois de colocado, para evitar que a isolação excessiva, recomenda-se a colocação de papel escuro nos vidros até a instalação de cortinas ou persianas.
As emendas dever ser alternadas sempre que possível e serem feitas somente sobre o barrote.
É obrigatório deixar 1,0cm de junta de dilatação no encosto do assoalho com a parede.
O lixamento deve ser executado pelo menos 30 (trinta) dias após o assentamento da madeira. Recomenda-se no calafete não água ou óleo; a calafetação somente deverá ser feita com cola e pó de madeira.
Para o acabamento final do piso deve ser usado apenas ceras e vernizes de boa qualidade. Não é aconselhável o emprego de água ou qualquer produto a base de óleo ou graxa.